quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Coisas boas...


   Certos acontecimentos são tão valiosos que nos enchem de satisfação:

   Ouvir a sua música preferida tocar no rádio.
   Abrir um jornal e rir com os quadrinhos até perder o fôlego.

   Outras coisas boas são ainda melhores porque nos pegam de surpresa e faz desaparecer qualquer tristeza:

   Receber um elogio quando se espera uma crítica pesada – dá um alívio!
   Se deparar com um ipê florido no seu caminho habitual – é uma beleza exuberante!
   Escutar o barulho da chuva enquanto se prepara para dormir – é tranquilizador.

  Há outras ocasiões que despertam sentidos e trazem inúmeras lembranças:

  Sentir cheiro de café fresco – é um convite para uma conversa.
  Saborear pimenta, pimenta com arroz – dá uma fome!
  Se lambuzar ao saborear um caqui doce – é como voltar a infância.

  Há novas coisas boas, descobertas a cada dia, quando nos permitimos “sentir”:

  O abraço do cônjuge.
  Dançar por simplesmente dançar, sem preocupar com os passos corretos.
  Descobrir o quanto cada amizade é valiosa e nos enche de alegrias com suas coisas boas.